Todas as notícias

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Ceará, acaba de publicar, por intermédio da Diretoria de Estudos Econômicos (Diec), o livro Indicadores Econômicos do Ceará 2019. A obra, em sua sétima edição, aborda o desempenho da economia cearense entre os[...]

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado do Ceará, acaba de disponibilizar (no link https://www.ipece.ce.gov.br/pib-tabelas-especiais/) uma série de informações sobre o produto Interno Bruto (PIB) cearense, com destaque para a série histórica das taxas de crescimento trimestral, bem como[...]

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em dezembro de 2019, fechou com forte aceleração: 1,28% em relação a novembro, quando ficou em 0,22%. Dentre as 16 cidades/regiões metropolitanas pesquisadas, a inflação de Fortaleza ficou em sétimo lugar. As maiores altas foram em Belém[...]

As expectativas para a economia cearense para 2020 são positivas. É o que prevê a nova edição do Farol da Economia Cearense (nº 08/2019), elaborada pela Diretoria de Estudos de Gestão Pública (Digep) do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag). O trabalho disponibiliza[...]

O Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará, no terceiro trimestre de 2019, fechou com crescimento de 1,87% em relação a igual período de 2018. Na comparação com o segundo trimestre de 2019, a elevação foi de 1,28%. No acumulado no ano (três trimestres) chegou a 1,51% e nos últimos quatro últimos trimestres totaliza 1,48%. Os[...]

A taxa de frequência escolar de jovens entre 15 e 29 anos no Ceará cresceu 5,6% entre 2012 (terceiro trimestre) e 2019 (3ª trim.), embora a média observada no Estado (37%) em 2019 (3º trim.) tenha permanecido abaixo da média do Nordeste (39%) e Brasil (38%). No entanto, na faixa etária de 15 a 17[...]

A participação da capital no total dos empregos formais cearense em 2012 caiu fortemente passando, de 56,20% para 52,77%, em 2017, encerrando 2018 com um percentual menor de 52,21%, ou seja, 768,4 mil de um total de 1,47 milhão. Já a participação dos empregos do interior no total dos empregos formais cearense aumentou, saindo de[...]