Governo do Ceará desconcentra investimentos nos últimos três anos

6 de março de 2018 - 10:01

O Ceará, nos últimos três anos, desconcentrou investimentos públicos em benefício do interior do Estado, de acordo com o Índice de Concentração Regional dos Investimentos Públicos no Ceará (ICI). Em 2013, o ICI era de 1,5446; em 2014 passou para 1,2251 e a partir de 2015 apresentou as seguintes variações: 0,9327; 0,9344 (2016) e 0,9363 em 2017. Os números estão no Enfoque Econômico (nº 178) – Resultado do ICI em 2017 e o seu Comportamento nos Últimos Cinco Anos, que acaba de ser publicado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado.

Como a economia e a infraestrutura ainda são bastante concentradas na Grande Fortaleza, os resultados do ICI dos últimos três anos, segundo Cláudio André Gondim Nogueira, que está à frente da Diretoria de Estudos de Gestão Pública (Digep) do Instituto, são importantes, pois sinalizam um esforço do Governo do Estado em desconcentrar os investimentos públicos em favor do interior. “Caso esse direcionamento for mantido ao longo do tempo, então será possível vislumbrar no futuro uma redução consistente das disparidades históricas existentes entre o entorno da capital do Estado e as demais regiões do Ceará, sem perda de crescimento para a região da Grande Fortaleza” – afirma.

Cláudio André, que elaborou o documento juntamente com Cleyber Nascimento, analista de Políticas Públicas do Ipece, e Adriana Nogueira, auditora de Controle Interno da Controladoria Geral do Estado (CGE), explica que o ICI, que permite o monitoramento dos investimentos públicos ao longo dos anos, for menor ou igual a zero e menor que um, os investimentos estão relativamente menos concentrados do que a população na Grande Fortaleza, ou que, em termos per capita, os investimentos são menores na Grande Fortaleza que a média do Estado. Caso o índice seja igual a um, a Grande Fortaleza apresenta a mesma concentração de investimentos e de população; mas se for maior que um, os investimentos públicos estão relativamente mais concentrados do que a população na Grande Fortaleza, ou que, em termos per capita, os investimentos são maiores na Grande Fortaleza que a média do Ceará.

Clique aqui para acessar o Enfoque Econômico Nº 178 – Resultado do ICI em 2017 e o seu Comportamento nos Últimos 5 Anos.


Assessoria de Comunicação do Ipece

(85) 3101.3509