Analista do Ipece fala sobre a experiência do Ceará na avalição de impacto do Padin em encontro no Rio Grande do Sul

30 de novembro de 2017 - 19:52

“A Experiência do Ceará na Avaliação de Impacto do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin)” foi o tema da palestra, hoje (30), de Jimmy Oliveira, analista de Políticas Pública do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado, durante o workshop “Avaliação de Impacto de Políticas Publicas” realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento, Governança e Gestão do Rio Grande do Sul.

O evento, que foi iniciado ontem (29) e contou com a parceria do Banco Mundial, teve como objetivo familiarizar os participantes em relação aos conceitos básicos de avaliação de impacto, além de permitir o aprendizado a partir da troca de experiências nas áreas de governança, educação e desenvolvimento, buscando difundir a cultura de avaliação entre os gestores estaduais e, assim, aperfeiçoar as políticas públicas através da gestão orientadas por resultados.

O Padin é um programa de visitas domiciliares, encontros coletivos e comunitários para apoiar e orientar as famílias no cuidado e na educação das crianças de zero a três anos e de 11 meses de idade não atendidas nos Centros de Educação Infantil (CEI). O programa faz parte das ações do Programa Mais Infância Ceará, uma das metas prioritárias do estado, sob a liderança da primeira dama Onélia Santana.