Comércio varejista do Ceará apresenta quarta variação positiva em julho

18 de setembro de 2017 - 13:06

O comércio varejista comum cearense apresentou um leve crescimento no mês de julho, a quarta variação positiva consecutiva dentro do ano, com variação de 0,2 por cento (ajustado sazonalmente), segundo a Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada pelo IBGE. Na comparação com julho de 2016 foi registrada uma leve queda, de 1,1 por cento. Apesar do crescimento nas vendas observado nos últimos quatro meses (abril a julho) deste ano do ano, o resultado não foi suficiente para reverter o sinal de queda no acumulado do ano até julho de 2017: -4,4 por cento, comparada a igual período do ano anterior.

Enquanto isso, no acumulado de doze meses ocorreu registrada uma queda maior de 5,4 por cento, influenciada pelos resultados negativos do final do ano anterior. Vale observar que até junho havia sido registrada uma queda em 12 meses de 5,9 por cento, revelando, assim, um ritmo de queda menos intenso.

O estudo, produzido por Alexsandre Lira Cavalcante, a Analista de Políticas Públicas, e Heitor Gabriel Silva Monteiro, ambos do Ipece, também revela que em junho de 2017 foi observada a primeira criação empregos com carteira assinada no varejo cearense (200 vagas), tendência que se seguiu em julho, num total de 254 vagas no mês. No acumulado do ano foi registrado um fechamento de 6.360 postos de trabalho com carteira assinada, mas abaixo do registrado em igual período de 2016 (-10.379 vagas).

O documento mostra que o estoque de empregos formais no varejo cearense de julho de 2017, corrigido pelo estoque de empregos formais da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS 2015), registrou crescimento em julho relativamente a junho de 0,10 por cento. Na comparação com dezembro de 2016 foi registrada uma queda de 2,38 por cento no total de empregos celetistas no comércio cearense e na comparação com o acumulado de doze meses até julho de 2017 foi observado uma queda de 1,03 por cento, revelando que o ritmo de fechamento de postos de trabalho no comércio também está desacelerando passando a registrar incremento no estoque de empregos formais.

Clique aqui e acesse o Enfoque Econômico – Nº 157 – Desempenho das vendas do varejo cearense em julho de 2017

Assessoria de Comunicação do Ipece
(85) 3101.3509