Ipece apresenta proposta de Plano de Superação da Extrema Pobreza Infantil no Ceará

3 de agosto de 2017 - 19:43

A reunião na Seplag contou com a presença da primeira dama do Ceará, Onélia Leite

Priorizar os mais vulneráveis, transferir renda complementar às famílias de extrema pobreza, monitorar e avaliar os indicadores por um período de dois anos. As ações fazem parte do Programa de Superação da Extrema Pobreza Infantil no Ceará, elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará – Ipece.

A proposta foi apresentada em reunião nesta terça-feira (01.08) na Seplag e  teve a participação da primeira dama do Ceará, Onélia Leite, de secretários de Estado e representantes da Defensoria Pública, Unicef, Instituto da Infância,  Iprede, Universidade Federal do Ceará e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – Consea.

A primeira dama, Onélia Leite, se mostrou entusiasmada com o projeto inspirado em um modelo chileno. Inicialmente chamado de “Supera Ceará”, o programa tem como objetivo principal transferir renda complementar e temporária (24 meses) associada ao cumprimento de metas pactuadas após o diagnóstico inicial. O diretor geral do Ipece, Flávio Ataliba, e o analista Jimmy Oliveira, detalharam o projeto e receberam elogios e sugestões.

Para o coordenador do Unicef no Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, Rui Aguiar, o programa é um dos mais arrojados e de profundo alcance para o combate à pobreza infantil.  Em julho, a proposta foi apresentada ao professor Ricardo Paes de Barros, economista do Instituto Airton Senna, no Insper, em São Paulo. Segundo o diretor Flávio Ataliba, o professor foi taxativo ao afirmar que o plano tocado no Estado “é o que se tem de mais avançado no mundo atualmente”. Paes de Barros, no encontro, fez várias sugestões, especialmente na área da governança do programa de combate à pobreza e cuidados que todos devem estar atentos.

De acordo com o secretário do Planejamento e Gestão, Maia Júnior, o programa será prioridade pois é um compromisso do Governo Camilo Santana de superar a extrema pobreza. “Precisamos melhorar os indicadores e temos convicção que iremos conseguir bons resultados pois este é um governo realmente disposto a mudar o modelo de gestão pública.”, ressaltou Maia Júnior.

Na manhã seguinte (02.08) a equipe do Ipece apresentou a proposta ao governador Camilo Santana que pediu agilidade na criação do projeto de lei para que o programa de superação da extrema pobreza infantil seja iniciado.  A minuta do projeto de lei foi finalizada na PGE e nos próximos dias deve ser encaminhada à Assembleia Legislativa do Ceará.

9

11

 

03.08.2017

Assessoria de Comunicação da Seplag
Darlan Moreira, Joanna Cruz e Luiz Pedro Neto – (85) 3101.4495

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
(85) 3466.4898