Nova edição do boletim Gestão Publica do Ipece aborda inovações nas áreas de gestão e de políticas públicas

31 de julho de 2017 - 14:16

“Os Desafios da Intersetorialidade nas Políticas Públicas”; “Bases Metodológicas Preliminares para Implantação do Sistema de Custos do Estado do Ceará”; “A Importância da Qualidade da Educação para a Redução da Desigualdade de Oportunidades e para o Desenvolvimento: o Caso da Finlândia” e o “Método Magiq Aplicado à Gestão e às Políticas Públicas” são os quatro artigos que compõem o Boletim de Gestão Pública (nº 02) lançado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado do Ceará. O trabalho já pode ser acessado no www.ipece.ce.gov.br.

O diretor de Estudos de Gestão Pública do Ipece, Cláudio André Gondim Nogueira, que participa de três dos quatro artigos, explica que o primeiro trabalho trata dos desafios da intersetorialidade nas políticas públicas, especificamente diante da crescente complexidade dos problemas econômicos, sociais e ambientais, enquanto o segundo apresenta as bases metodológicas que serão utilizadas na implantação do Sistema de Custos do Estado do Ceará, que vai possibilitar a extração do maior número possível de informações úteis e, assim, subsidiar a tomada de decisão dos gestores públicos.

Já o terceiro artigo trata da importância dos investimentos em capital humano, principalmente na educação básica de qualidade para a redução da desigualdade de oportunidades e para o desenvolvimento econômico. O quarto artigo argumenta que o setor privado é rico na criação de ferramentas de avaliação de produtos, serviços e processos. Em muitos casos, segundo Cláudio André, essas metodologias e ferramentas são bastante flexíveis, de tal forma que podem ser utilizadas ou adaptadas à realidade do setor público. Então, diante disto, apresentou-se um método de análise multicritério chamado de MAGIQ (Multi-Attribute Global Inference of Quality).

O Boletim de Gestão Pública tem como objetivo principal a difusão de melhores práticas e inovações na área de gestão e de políticas públicas. Os artigos são agrupados em quatro seções: Da Teoria à Ação, que trata de avanços teóricos nas áreas de gestão e de políticas públicas e como esses conhecimentos podem ser postos em ação; Avanços na Gestão Pública do Ceará, com as principais inovações em gestão e políticas públicas no Estado; Difundindo Melhores Práticas, com a análise de casos específicos locais, estaduais, nacionais ou internacionais, e Lições do Setor Privado, com inovações privadas que podem servir de inspiração para o setor público. O Boletim é formado por artigos sintéticos (descritivos/analíticos), elaborados pelo corpo técnico do Instituto e ou por técnicos convidados de outros órgãos do Governo do Estado do Ceará e de outras organizações.

Nesta edição, os trabalhos estão assim agrupados:

Da Teoria à Ação
1. Os Desafios da Intersetorialidade nas Políticas Públicas (Autores: Cláudio André Gondim Nogueira e Raquel Da Silva Sales);

Avanços na Gestão Pública do Ceará
2. Bases Metodológicas Preliminares para Implantação do Sistema de Custos do Estado do Ceará (Autores: Adriana Oliveira Nogueira, José Garrido Braga Neto e Naiana Corrêa Lima Peixoto);

Difundindo Melhores Práticas
3. A Importância da Qualidade da Educação para a Redução da Desigualdade de Oportunidades e para o Desenvolvimento: O Caso da Finlândia (Autores: Cláudio André Gondim Nogueira, Aprígio Botelho Lócio);

Lições do Setor Privado
4. O Método Magiq Aplicado à Gestão e às Políticas Públicas (Autor: Cláudio André Gondim).

Acesse: Boletim de Gestão Pública – Junho 2017 – edição Nº 02

31.07.2017

Assessoria de Comunicação do Ipece
Pádua Martins
padua.martins@ipece.ce.gov.br