Ipece contribui para a atualização dos limites municipais entre Fortaleza e Itaitinga

28 de junho de 2017 - 14:30

Os prefeitos dos municípios de Fortaleza e Itaitinga assinaram no dia 27/06 um termo de ajuste de divisas, onde foi considerada a nova malha viária, os acidentes naturais, os equipamentos públicos, além da cultura e percepção da população residente nas áreas limítrofes.

O referido termo foi gerado no âmbito do Projeto Atlas de Divisas Georreferenciadas dos Municípios Cearenses, que se refere a um convênio celebrado entre o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará – IPECE, a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará – ALCE e a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

A atribuição do IPECE no âmbito do convênio consiste na gestão da divisão político-administrativa municipal, realizando a análise das informações provenientes da legislação e do acervo cartográfico, buscando consolidar os limites municipais.

No caso específico das divisas entre Itaitinga e Fortaleza, tem-se que os limites dispostos na legislação cortam residências e ruas, sobretudo devido ao processo de conurbação ocorrido ao longo dos anos entre as duas cidades.

Na elaboração do termo de ajuste de divisas, levou-se em consideração a atual situação administrativa e os elementos geográficos identificados como divisa atualmente pela população, permitindo que a mesma identifique com mais clareza os limites, assim como os gestores municipais possam gerir de forma mais eficaz as políticas públicas no território. Neste contexto, o próximo passo é a avaliação e transformação em Lei por parte da Assembleia Legislativa do termo de ajuste de divisas.

(Foto: Kaio Machado)