Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
IPCA na RMF tem deflação de 0,16% em novembro e no ano acumulado é de 1,72%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) desacelerou, em novembro de 2017, registrando deflação de 0,16 por cento, enquanto que, em igual mês do ano passado, ocorreu alta de 0,13 por cento. O acumulado no ano – janeiro a novembro – está em 1,72 por cento, bem abaixo do verificado em igual período de 2016, quando o índice ficou em 7,69 por cento. Os números estão no Relatório de Inflação (novembro 2017 - edição nº 23) publicado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado do Ceará.

De acordo com o documento, que tem como autor Daniel Suliano, analista de Políticas Públicas do Ipece, o IPCA nacional também desacelerou com relação a outubro, embora com menos intensidade e com variação positiva, ao sair de 0,42 por cento para 0,28 por cento. No ano, o IPCA do Brasil acumula alta de 2,50 por cento, bem inferior aos 5,97 por cento registrados em igual período do ano passado, sendo o menor acumulado no ano verificado em um mês de novembro desde 1998 (1,44 por cento), de acordo com o IBGE. No IPCA nacional, o acumulado dos últimos doze meses encontra-se em 2,80 por cento, ambos abaixo do limite inferior do teto da meta de 4,5 por cento estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Com relação aos grandes Grupos do IPCA, o destaque novamente é o Grupo de Alimentação e Bebidas, tanto na RMF como no Brasil. Depois da leve alta de 0,02 por cento no mês anterior, o Grupo de Alimentos na RMF voltou a ter resultado negativo de 1,03 por cento, o que representa seis quedas de preços nos últimos sete meses. A elevada intensidade da queda dos alimentos é o grande responsável pela deflação na RMF. No Brasil, o grupo alimentos apresentou a sétima queda consecutiva e ainda mais intensa que aquela ocorrida em outubro (-0,38 por cento contra -0,05 por cento). O IBGE destaca que a variação acumulada no ano do grupo é de -2,4 por cento sendo este o menor registrado para o período desde a implantação do Plano Real.

Artigos de residência foi outro grupo tanto na RMF como no Brasil que registrou desaceleração dos preços (-0,50 por cento e -0,45 por cento, respectivamente). Já o grupo de Habitação e Transportes, ambos também com pesos relevantes no IPCA, pressionou o índice na RMF e no nacional. No caso da Habitação, a variação da RMF foi de 0,47 por cento, enquanto no Brasil a alta chegou a 1,27 por cento. O Item Energia Elétrica é o responsável pela pressão de alta para o grupo com variações de 0,83 por cento e 4,21 por cento. Para o Grupo de Transportes, o nacional foi mais fortemente pressionado que a RMF ao variar 0,52 por cento, contra 0,09 por cento. O destaque foram os itens gasolina e etanol, que no Brasil tiveram alta de 2,92 por cento e 4,14 por cento e na RMF 3,82 por cento e 4,04 por cento, respectivamente.

VARIAÇÃO DO INPC

Já Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) da RMF, em novembro de 2017, recuou 0,29 por cento após a aceleração de 0,43 por cento ocorrida no mês anterior. O INPC nacional, por sua vez, sofreu uma leve aceleração de 0,18 por cento, embora tenha recuado com relação ao mês anterior (0,37 por cento). No acumulado dos últimos 12 meses o INPC da RMF ficou em 1,94 por cento e o nacional em 1,95 por cento. O acumulado dos últimos 12 meses da RMF chegou a registrar 9,61 por cento em novembro de 2016 e o nacional 7,39 por cento no mesmo período. O INPC se refere às famílias com rendimento monetário de um a cinco salários mínimos, sendo o chefe assalariado. É calculado também para dez regiões metropolitanas, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e Brasília, que são as mesmas áreas geográficas que abrange o IPCA.

Acesse aqui o Relatório de Inflação Nº23 - Novembro de 2017

Assessoria de Comunicação do Ipece
(85) 3101.3509
 

Calendário

Janeiro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3